.+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+.

Os imortais vivem entre nós, poesias lindas e feitas de brisa do amanhecer!

Quero fazer um convite, quero conhecer vossos gostos!

Vou postar poesias dos imortais que cada um me mandar, aquela que te faz vibrar, manda-me por email, face, blog, msn, qualquer maneira!

kiromenezes@hotmail.com

Manda-me sua poesia Imortal!

'+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+..+*♥*+'

•○•.._____________..•○•

O Auto-Retrato (Mario Quintana)

terça-feira, 19 de abril de 2011



O AUTO-RETRATO



Mario Quintana


No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...

às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança...
Corrigido por um louco



6 Encantamentos::

Claúdia Luz disse...

boa tarde flor !!

Lindo isso !!

Mil beijos !!

Kiro Menezes disse...

Lindo né?!

Tbm gosto demais ♥

^_^•

silvioafonso disse...

.

O amor tem dessas coisas;
vê arco-íris em plena
madrugada.

silvioafonso






.

Wilson Torres Nanini disse...

Adoro Quintana! Que bom encontrá-lo por aqui. Vc tem muito bom gosto poético.

Outro dia, descobri um blog maravilhoso, da Cris de Souza: http://crisdesouzavalvuladeescape.blogspot.com/

que tem um diálogo interessantíssimo com um poema do Quintana:

licença poética...


POEMINHA DO CONTRA

Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!

(Mario Quintana)

..........................

POEMINHA DO CONSTA

Todos estes que aí estão
Atravessando a minha linha,
Eles andarão.
Eu andorinha!

(Cris de Souza)

Forte abraço!

soniaconslt disse...

Saudades...saudades..
Ainda vou te agradecer de um jeitinho especial pelo carinho no niver.
Bjos coração
E uma boa semana

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

pouco tenho,pouco sou nesta vida,mas se por alguns instantes um pouquiho fosse mario quintana, ja teria valido muito esse nada que sou